Loading...

Empreendedorismo o que é?

Você já ouviu isso antes. Mas o significado ainda parece aberto demais e atravessado por imagens de grandes executivos engravatados? Sente que o empreendedorismo ainda não faz parte do seu vocabulário?

Pois é. Mas ele fez parte de toda a sua vida. Todas as mudanças que aconteceram, desde grandes ideias para o mundo, até reviravoltas no estilo de vida ou da organização dos seus móveis, tudo vem do empreendedorismo. E o mesmo acontece em tudo a nossa volta. O que seria do mundo sem o Google? Ou o Facebook? Olha como o Uber causou impacto no cotidiano em tão pouco tempo! Isso é empreendedorismo. É muito mais de atitude e criatividade. Inclusive, pode ser o começo de uma nova fase de sua vida ou a mudança que você deseja para ela. Mas e aí, o que é empreendedorismo?

Procurando no dicionário você encontra uma definição quadrada. “Empreendedorismo; Atitude de quem, por iniciativa, realiza ações para dinamizar serviços”. Empreendedorismo é muito mais do que isso. Não é só serviço. É pensar fora da caixa. Ser movido por sonhos e convicções, junto de determinação, para fazer a diferença. Para ser grande. Mas como? Tudo começa dentro de si, assumindo o que chamam de “Atitude Empreendedora”. É estar incomodado. Ver uma situação ou um vazio que precisa ser resolvido, ter sede de mudança e a determinação de começar algo do zero para transformar a realidade de algumas pessoas, do seu bairro ou até do mundo. Fazer dos sonhos uma realidade.

É preciso também de coragem, pois você com certeza vai crescer em diversos aspectos junto do seu projeto. Com pessoas dispostas a trabalhar pelo mesmo sonho. Dificuldades, adversidades e críticas virão, e nem sempre isso será fácil. O importante é ser louco. Sim! Louco. Ter atitude e ousadia para empreender e insistir nos seus sonhos, que nem sempre será do gosto de todos. Ao mesmo tempo que precisamos da loucura para sairmos do convencional, também é muito importante assumirmos responsabilidade. A “Atitude Empreendedora” exige o protagonismo, assumir tarefas e erros e desenvolve-las. Empreendedorismo é isso. É a ferramenta central para alcançar os seus objetivos, é uma ferramenta de “empoderamento”. O poder de fazer a diferença.

Os seus sonhos serão postos à prova. Chega a idade em que o mundo exige de você uma decisão clara do que você quer para o resto da sua vida. Isso é insano, não acha? O mundo parece ser tão cheio de possibilidades para se pensar ainda no dinheiro como sucesso pessoal. Precisamos quebrar isso. Eu, por exemplo, vendi o meu carro para salvar o meu primeiro negócio, que hoje segue crescendo e conquistando novos espaços. Às vezes, é preciso seguir na contramão para ser empreendedor, e isso faz parte! A mudança vem quando questionamos as mesmas respostas acomodadas para questões mal resolvidas. Tendo atitude empreendedora, podemos fazer a diferença de diversas formas. Construindo. Escrevendo. Atuando. O segredo é produzir, e existem formas diferentes de se aplicar o empreendedorismos para cada objetivo que você deseja seguir. Quanto às ideias de projetos? O céu é o limite. Olha só:

 

Empreendedorismo de Negócios

O empreendedor sonha. Enxerga a realidade à sua volta. Planeja e realiza o diferente. Contudo, existem caminhos que selecionam perfis distintos de empreendimento. Começamos pelo mais conhecido, o empreendedor de negócios. É aquele que planeja e constrói um avião em queda livre. Os empreendedores de negócios surgem da oportunidade ou da necessidade. São naturalmente inovadores. Sonham em ver as suas criações nascendo, adquirindo equilíbrio e criando asas. São focados na elaboração do produto, a partir da necessidade encontrada pelo seu idealizador. Admiro muito a capacidade visionária de boa parte destes empreendedores e a sua fome pela inovação. É muito importante para um empreendedor de negócios, além de assumir a atitude empreendedora, entender de contabilidade, marketing, tributação e todas as outras questões que envolvam os negócios em si. É uma parte chata? Um pouco! Mas lidar e aprender com a parte “chata” garante autonomia para que os seus projetos não se embolem mais para frente. “Continue com fome, continue tolo” Steve Jobs

Veja o que a ENDEAVOR escreve sobre o assunto: EMPREENDEDORISMO 

 

Empreendedorismo Social

Esse é o tipo de empreendedorismo que presa pelo bem. São criados por pessoas sonhadoras, que procuram mudar uma realidade. Ele lança um produto ou um serviço afim de criar um mundo melhor. O produto não é a ideia, é o meio. São campanhas sociais sem fins lucrativos, e existem milhões de formas de se realizar um empreendedorismo social nos mais diversos alcances. A pergunta é simples: o que você pode fazer pelo mundo? O que você quer deixar de diferente para as pessoas?

Muhammad Yunus, economista e banqueiro, criou uma empresa de microcrédito em Bangladesh para pessoas mais humildes que tinham os seus trabalhos explorados por agiotas da região. O seu negócio lhe garantiu o prêmio Nobel de Economia em 2006. “O estímulo do empreendedorismo é mais eficaz para se resolver a pobreza do que programas sociais”, declarou certa vez. Muhammad disse isso por entender a essência do ser empreendedor, já que a proatividade é fruto do empreendedorismo. Os programas sociais são importantíssimos para a vida de muitos. Junto de uma atitude empreendedora, abrindo oportunidades e desenvolvendo projetos, com atitude, pode-se chegar longe! Setor Dois e Meio é um novo gênero. Pouco fundamentado ainda por abrir margem à subjetividade. É o tipo de empreendedorismo que visa o lucro, mas também é engajada em ações sociais. Isso estende o tamanho das possibilidades de se manejar um negócio.

 

Intraempreendedorismo ou Funcionário Empreendedor

“Atualmente o intraempreendedorismo é a ferramenta essencial para as empresas de alta competitividade”. O Sebrae, que é uma das instituições de maior responsabilidade quanto a expansão e modernização de pequenas e médias empresas hoje, deu esta declaração. O intraempreendedorismo é o funcionário que presa pelo crescimento mútuo entre ele e o negócio, ao qual é subordinado. Lembre-se, nenhuma empresa cresce apenas com o dono, ela cresce com a constituição de uma equipe incrível. O funcionário empreendedor é aquele que quer ver a empresa crescer, porque compartilha das mesmas responsabilidades e visões da empresa. Chama a responsabilidade para si. É também aquele que entende claramente a importância de sua tarefa para a estrutura e crescimento da equipe. Para se tornar empreendedor, não é necessário ser dono do seu próprio negócio! Tanto que muitos sonham em trabalhar em empresas emblemáticas já existentes, como a Apple ou o Google. Basta sentir-se realizado com cada objetivo conquistado. Apaixonar-se com o crescimento de um projeto, e saber que fez parte deste processo. Ver e fazer as coisas acontecerem. Não importa o cargo. Você pode ser auxiliar de limpeza e saber de suas responsabilidades e de sua relevância para o restante da equipe, e por fim, ser tão realizado e feliz quanto muitos CEOs que ainda não são. E isso é o mais importante.

A atual presidente da maior companhia de aviação da América Latina, Claudia Sender, em uma entrevista revelou a importância do estímulo do intraempreendedorismo para o sucesso de sua carreira. “Crie metas aspiracionais, para motivar o sonho das pessoas de trabalharem todos os dias na empresa. As pessoas não são feitas de números e estatísticas”, declarou.

 

Empreender, seja em seu próprio projeto. Como funcionário. Ou em qualquer outra atividade, é correr atrás daquilo que te faz FELIZ.

A partir do momento em que você se torna autônomo e responsável de suas ações. Você se torna completo por ser independente, por meio da atitude empreendedora. Ser empreendedor é ser feliz na sua trajetória! Realizar-se com o seu trabalho e as novas oportunidades e desafios que a vida te reserva.
O escritor Clóvis de Barros Filho uma vez disse que o “happy hour” é algo que deve acabar. Planejamos a vida inteira para o futuro e deixamos o presente de lado! Postergamos a nossa felicidade por uma garantia incerta no futuro, e isto não está certo. Seja empreendedor! O empreendedor encontra significado naquilo que ele sabe que tem que ser feito. E com significado e um sonho na cabeça, encontramos a felicidade.
E o caminho? Pode ser esburacado ou nebuloso em algumas situações, mas, a princípio, deve ser feliz a maior parte do tempo, pois deve ser o caminho dos seus sonhos. O caminho daquilo que te faz completo. Que te faz grande.

E para você? O que é empreendedorismo?

Abraços  { Seja grande }
Augusto Aielo.

 

Livros para complementarem sua leitura =D

livro-atitude-empreendedora

2364251

download

Leave a comment